Tatuagem (part. Léo Nascimento)
Eduardo Costa

Coração despedaçado, a tristeza no olhar,
É uma dor que nunca passa,
Dá vontade de chorar.

A tristeza no meu peito é mais forte que o ar,
Tô ficando meio louco,
Oh, meu Deus, mas que sufoco,
Não consigo controlar.

Pois não quer fugir de mim
Essa dor do abandono.
Tá difícil te esquecer,
Se eu já tatuei seu nome.

Enquanto isso eu vou beber
Pra esquecer o meu passado,
É que eu não posso saber
Que outro dorme do seu lado.