Senhor, Manda o Teu Poder
Ellas

Os fieis oravam unidos
Num cenáculo ao Senhor
Quando foi do ceu descido
O real consolador

Refrão:
Senhor, manda já o teu poder
Senhor, manda já o teu poder
Senhor, manda já o teu poder
E batiza cada um

Qual um vento veemente
O poder, a casa encheu
Linguas vieram sobre os crentes
Mas de fogo, lá do céu

(Refrão)

Noutras linguas, sim, falaram
Como Cristo concedeu
Do Espirito transbordaram
Exaltando o Rei do céu

(Refrão)

O poder foi prometido
Para os servos do Senhor
E pra todos concedido
Se pedirem com fervor

(Refrão)