E Era Copacabana
Emílio Santiago

Noites febris
Tempos gentis
Eu já fui tão feliz
Mais do que eu quis
Mais que eu pude querer
E era Copacabana

Loucas paixões
Tantas canções
Eu já tive ilusões
Momentos bons
E hoje com meus botões
Penso que nada mais me engana

Foi num tempo em que tudo demais
Tempos atrás
Quimera fugaz
Sonhos de paz
E promessas banais
Mera fumaça que a vida desfaz
Igual a um puro Havana

Caminhando pelas ruas assim
Dentro de mim
Nem penso ao que vim
Penso que a vida
Nem sempre é ruim
É só enredo de mau folhetim
A vida é simplesmente humana

E era Copacabana

Foi num tempo em que tudo demais
Tempos atrás
Quimera fugaz
Sonhos de paz
E promessas banais
Mera fumaça que a vida desfaz
Igual a um puro Havana

Caminhando pelas ruas assim
Dentro de mim
Nem penso ao que vim
Penso que a vida
Nem sempre é ruim
É só enredo de mau folhetim
A vida é simplesmente humana