Festa Profana
Emílio Santiago

O rei mandou cair dentro da folia
e lá vou eu, e lá vou eu, o som que brilha
nessa noite vem da ilha, lindo sonho que é só meu
vem, vem amor a poesia vem rimar sem dor
na fantasia vem colorir a vida, vem amor
vem da magia, vem da magia me beija nesse mar
de amor, vem me abraça mais
que eu quero é mais o teu coração
eu vou tomar um porre de felicidade
vou sacudir eu vou zoar pela cidade
em goiape, lá no egito, festa de isis
êh Deus paco, bebe sem mágoa, você pensa
que esse vinho é água
é primavera na lei de Roma alegria
é que impera, o que beleza mascara negra
lá no baile de veneza
Oh! joga água que é de cheiro, confete, serpentina
lança perfume no cangote da menina
Oh! joga água que é de cheiro, confete, serpentina