Margarida Perfumada
Emílio Santiago

Encontrei margarida perfumada,
Como dava risada
Por também me encontrar
Seu olho já espionava
Indo pra timbalada
Pra me ver timbalar

Margarida no jarro
Margarida no barro
Margarida no carro

Encontrei margarida chorona
Me pedindo carona
Pronde eu vou, você vai
Meu olho já espionava
Se me fatar palavras
Vou dizer te armar

Venha cá, venha cá
Venha cá, venha cá
Venha cá, venha cá
Venha cá, venha cá

Tum, tum, tum
Tum, tum, tum