Amor É Amor
Falamansa

No céu caíram estrelas do mar,
Alguém chamou de amor.
A energia que emana do ar,
Alguém chamou de amor.
O sol reflete em cada olhar,
Pra alguém chamar de amor.
Gotas que caem no mesmo lugar,
Alguém chamou de amor.

Pois todo amor é igual
Ninguém nunca inventou.
Muda o sinal,
Mas tem o mesmo valor.
E todo amor é igual
Ninguém nunca inventou.
Muda o sinal,
Mas tem o mesmo valor, o amor.

É o amor, o verdadeiro amor.

E mais uma criança nasceu,
Algúem chamou de amor.
Toda tristeza desapareceu,
Alguém chamou de amor.
A sinfonia do sistema solar,
Alguém chama de amor.
O por do sol e o eclipse lunar,
Alguém chamou de amor.

Pois todo amor é igual
Ninguém nunca inventou.
Muda o sinal,
Mas tem o mesmo valor.
E todo amor é igual
Ninguém nunca inventou.
Muda o sinal,
Mas tem o mesmo valor, o amor.

É o amor, o verdadeiro amor.