Oração
Falamansa

Ô Sinhô!? Ô Sinhô!?

Meu sinhô, lhe fiz essa oração
Que não fala de vinho nem pão
O que eu peço é o todo
Homem quer
Casa,comida e mulher

O que eu peço, senhor tenha dó
Que nunca se acabe esse tal de forró

Ô Sinhô!? Ô Sinhô!?
Meu sinhô, lhe fiz essa oração
Que não fala de vinho nem pão
O que eu peço é o todo
Homem quer
Casa,comida e mulher

E um pouco de carinho pros abandonados
Que se faça justiça com cabra safado
Que vença o mais forte e que seja eu
E que vença todo mundo, mesmo quem perdeu
Porque o povo tá ficando até acostumado
De ver tudo tão errado
Mesmo assim segue em frente,
valente e prefere lutar
E hoje,se eu sou filho desgarrado
Se me queixo de não ser amado
Mesmo assim, sigo em frente e vou se preciso for
Mudar