Teu Lugar
Falamansa

Quando eu chamar, vem!
Mesmo que o medo seja forte como pedra
E sopre ventos tão gelados
Lembra, então, que o teu desejo é maior, bem maior

Se perguntar, vem!
De onde vem tanta vontade de voltar?
Vai perceber que nem eu sei
Mas sei que é forte, é bem maior que esse chão

Seja bem-vinda a essa casa que entras: é o meu coração
Se vem de longe então faz disso aqui teu lugar, teu lugar
Seja bem-vinda a essa casa que entras: é o meu coração
Se vem sorrindo então faz disso aqui teu lugar