Serpente
Forró Mel com Terra

Eu sou gamado por ela
Mas não dou o braço a torcer
Ela pegou muitos homens
Fez muito cabra sofrer
Ficar perto dela
É sempre uma tentação
Ela seduz com seus olhos
E domina o coração
Ela vem de mansinho, como quem nada
Quer
Chega com jeitinho de linda mulher
Cheia de carinho e amor pra dar
Quando se percebe é tarde demais
Serpente, que encanta dá o bote
Tem que ser bastante forte
Pra poder se libertar
Perfume, de uma rosa que entontece
E a gente enlouquece
Basta se aproximar
Mas aprendi a ser forte
E não me deixo levar
Eu fui criado na luta
Pra poder caminhar
Entre paus e pedras
Muitas serpentes, encontrei
Hoje sei com certeza dominar
Quem eu já dominei