Vaqueiro Nordestino
Forró Mel com Terra

Sou vaqueiro nordestino puxa boi é meu
Destino
Sou o rei das vaquejadas puxa boi desde
Menino
Dou queda em garrote gordo dele perde o
Caminho
Valeu o boi valeu, valeu vaqueiro
No calor da vaquejada vive o povo brasileiro
Valeu o boi valeu, valeu vaqueiro
No calor da vaquejada vence o povo
Brasileiro
Minha maior alegria é festa de apartação
A meu padrim padre ciço peço a sua
Proteção
Cachaça e mulher bonita são a minha
Perdição
Refrão
Pra ver a queda do boi o cabra tem que ser
Macho
Cavalo bom e ligeiro, mulher de força no
Braço
Quem tiver boi mandingueiro traga aqui que
Eu
Desenrasco