Mil Perdões
Gal Costa

Te perdôo por fazeres mil perguntas
Que em vidas que andam juntas ninguém faz
Te perdôo por pedires perdão
Por me amares demais te perdôo
Te perdôo por ligares pra todos os lugares de onde eu vim

Te perdôo por ergueres a mão
Por bateres em mim te perdôo
Quando anseio pelo instante de sair
E rodar exuberante me perder de ti
Te perdôo por quereres me ver
Aprendendo a mentir te perdôo

Por contares minhas horas
Nas minhas demoras por aí

Te perdôo, te perdôo porque choras
Quando eu choro de rir

Te perdôo por ti trair