Nenhuma Dor
Gal Costa

Minha namorada tem
Tem nos olhos mil brinquedos
De magoar o meu amor
Minha namorada muito amada
Não entende quase nada
Nunca vem de madrugada
Procurar por onde estou
É preciso, ó doce namorada
Seguirmos firmes na estrada
Que leva a nenhuma dor
Minha doce, triste namorada
Minha amada, idolatrada
Salve, salve o nosso amor.