O Vento
Gal Costa

Minha mulher, minha irmã
Minha cara metade
De carne maçã, maçã
Minha costela- de-Adão
Meu pé de romã, romã
Vento que bate na porta
Trazendo notícias
Que tem de alguém
Vento que entorna a manhã
Do meu bem
Me leva, me leva
Vento
Bate suas asas
Voa sobre as casas
Vento
faz o dia delirar
Traz minha morena do além- mar
Minha irmã, meu irmão
Quem tem ouro na pele
Da alma pagã, pagã
Vento me ensina a tocar
A flauta de Pã, de Pã