Os Dois
Gal Costa

Eu, você, nós dois,
Mais do que dois já somos um;
Era um antes e um depois,
Agora é um.

Cada um de nós
Sabe o que fere o que é comum.
Eu, você, nós dois, já somos um.

Ora, deixa de bobagem.
Vem sem essa perfeição.
Esse tempo é de viagem.
Você é parte da solução -

É minha fuga, minha prisão.

Eu, você, nós dois,
Já não tem mais engano algum:
Pra que multidão, me basta um.

Mesmo desiguais,
A gente quer ficar no tom.
Eu, você, nós dois
Já somos um.

Ora, chega de saudade,
Perder tempo sem razão.
Quando fiz essa colagem,
Bati a porta da solidão.

Tua beleza é um avião.
Se todos fossem como você.
Você e eu já somos um.