Roda Baiana
Gal Costa

A maré na vazante
Tá querendo encostar
Tá querendo entregar
Uma estrela brilhante
Caída do mar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
Pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Marinheiro mercante
Tá querendo atracar
Tá querendo te dar
Um anel, um turbante
Pulseira e colar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
E pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Areia da praia tá querendo jogar
Tá querendo bordar
Nessa barra de saia
Vidrilho e luar, ê!
Pelo teu remelexo, ô!
E pelo nó nas cadeiras, ah!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Quando põe a baiana pra rodar
Rodar!