Tudo Dói
Gal Costa

Tudo dói
Tudo dói
Tudo dói

Viver é um desastre que sucede a alguns
Nada temos sobre os não nenhuns
Que nunca viriam

As cascas das árvores crescem no escuro
As cascatas a 24 fotogramas por segundo
Os vocábulos iridescem
Os hipotálamos minguam
Tudo é singular

Dói

Tudo dói