Americana - Sp
Hinos

Nascida, às margens do Rio Quilombo,
Junto à estrada de ferro,
Por entre as terras de Machadinho,
Os homens bravos prosperam!
O Imperador proclamou,
Uma estação coroou
À luz que Ignácio Correa Pacheco,
Um povoado formou,
Já habitavam,
Por estas paragens,
Muitos dos confederados
Que nos trouxeram
O trole, a melancia
O algodão e o arado.
E o progresso chegou,
Qual despertar do amanhã,
E os teares tecidos teciam
A Princesa Tecelã...

Vida, lida...
Ah, Como a vila cresceu!
Vida, lida...
Uma cidade apareceu!

Vida, lida...
O parque têxtil surgiu!
Brilha, Americana,
A cidade que veste o Brasil!
Filhos de Carioba,
Salto Grande, Machadinho,

Filhos da Palmeiras...
Paulistas são os seus filhos,
Filhos Brasileiros!

Santo Antonio abençoou,
A liberdade surgiu,
Brilha o povo de Americana
A cidade que veste o Brasil!

Americana,
Cidade Trabalho,
Orgulho desta nação!
Americana,
Que traz no passado
Sua história de grandezas.
Mãe, que eu chamo de chão,
Terra de minha raiz.
Americana é justiça e verdade...
Princesa do meu País!!