Araruna
Hinos

Nos albores da colonização
Ao procurarem o caminho do sucesso
Os pioneiros com fibra e devoção
Nos integram a rota do progresso.

Nos marcos do civismo aqui plantados
Nada existe que valor maior reúna
Teus maiores hão de ser sempre lembrados
Pelos muitos que nos deram Araruna

Das antigas reduções missionárias
Que adentrarem nos agrestes sertões
As valorosas bandeiras
Aqui formaram novas civilizações.

Da ave azul de plumagens multicores
Araruna tens o nome abençoado
Este hino de amor e de louvores
Diz o quanto te quer bem o filho amado.

És pela força da mais ardente fé
Construída com alma e ardor
Verdes jardins de café
Atestam do teu povo intenso labor.