Arroio Trinta
Hinos

I
Das terras formosas do sul
Do lendário torrão italiano
Vim morar neste céu mais azul
Verdes montes e vales serranos

Estribilho
Arroio Trinta cidade briosa.
Arroio Trinta ditosos saudemos
Salve os bravos colonos de outrora,
Baluartes de tudo o que temos.

II
Com fé esperança e coragem,
Eu cheguei nesta terra esquecida.
Vim plantar nestas novas paragens,
O futuro, meu lar, minha vida.

III
Inefável virtude a seguir,
É o amor desta gente altaneira.
Seu fadário ostente o porvir
E a glória de nossa bandeira.

IV
Os campos floridos eu vejo,
Solo fértil de culturas mil
Desta terra orgulhosa sou filho,
Terra-mãe deste lar juvenil.