Braço do Norte
Hinos

Num hino vibrante, meu Braço do Norte,
Seara doirada de um povo gentil
Tece tua gente seu elo vivo e forte
Deitado em teu seio mor alma viril

Estribilho
Salve, salve, salve rincão do meu povo Brasil,
Áurea prenda de fé, de amor vivaz
Ledos, bravos verás no céu de anil,
Teus filhos forjaram progresso audaz.

Nas terras viçosas cultivas sementes
Das áureas amenas recolhes vigor
Banham teus vales as águas das vertentes,
Cortejam colinas ramalhos em flor.

Cidade altaneira, revive na história,
Que invictos arautos brindaram aos sóis
Lê seus exemplos repletos dessa glória,
E forma em sua escola mil outros heróis.

Aurora de encantos és, Braço do Norte,
Sera doirada de um povo gentil,
Ergam teus jovens este elo vivo e forte
Moldando em teu seio mor alma viril.