Ilha Comprida
Hinos

Eis que surge um brado de liberdade
Unindo o Norte e o Sul
Ilha Comprida emancipada
Anunciava o Mar Azul

Sepulcro das desigualdades
A prosperidade
Foi a nossa Luz
Ó Deus guia todos nós
Pra que a paz e a justiça sejam sempre a nossa voz

Liberdade, liberdade,
o clamor que nos fez fortes
Ilha Comprida minha terra, minha vida,
por ti eu lutarei até a morte

Sob a inspiração da liberdade com justiça
Nunca se abalar
Por altruísmo, com denodo veemente
Faz lembrar sempre essa gente
Do teu brado acirrar

Que a chama da revolução
Renasça a cada dia em nossos corações
Iluminados pelo criador
Ó terra opina, és meu grande amor.