Ilha de Itamaracá - PE
Hinos

I


Lua cheia, dize-me ó lua
que mistério pelos ares anda
É o passado que desperta
nas asas de uma ciranda

(Estribilho)

Mais amor e mais poesia
neste mundo não há, nã há
do que o mar beijando a areia
das praias de Itamaracá

II


Lua cheia, dize-me ó lua
se já viste uma coisa assim:
toda a ilha é um perfume
da doce manga jasmim.

(Estribilho)

III


Lua cheia, dize-me ó lua
porque o forte o tempo não destrói:
cada pedra é uma história
e cada história, um herói.