Itaberá - SP
Hinos

Entre outeiros surgiu Itaberá
Cercada de meandros azuis
Como centro modesta capela
Como filhos homens varonis

Salve Itaberá a formosa
Berço de um povo grandioso
És meiga és valorosa
Pelas riquezas de seu solo

Itaberá de outrora
Com seus trigais em flor
Foi o alicerce de agora
Desta urbe que tem o nosso amor

Itaberá pedra que brilha
No sudoeste, do nosso Brasil
És forte, és grandiosa, porque brilha
No futuro do mundo estudantil

Em tuas matas canta o sabiá
Ecoando o seu canto no horizonte
Por lar tem os seios dos montes
Por espaço ele tem Itaberá