Jaú - Sp
Hinos

As margens do rio jaú...
Foi em torno da capela
Que a vila um dia nasceu,
E sonhando aumentar tua
Grandeza, o teu povo
Foi a luta
E jamais esmoreceu

Vencido o desafio,
A cidade então surgiu
Imponente, triunfal,
Jaú, jaú, qual o peixe do teu rio, tua bravura
É imortal.

Nasceu jaú...
Majestosa, altaneira
Pela força e valor
Do teu povo
Denodo e fibra guerreira

Herança do índio valente
Que um dia a batizou
Ao chamar de jaú,
O peixe bravio
Audacioso e esguio que com ele lutou.

A glória do cafezal...
Foi um marco do progresso
Que hoje mora em
Teu brasão
Onde vive e está
Sempre presente
O teu feito relevante
Para a nossa aviação

Na pátria de norte a sul
Tua bandeira a tremular
Com orgulho e destemor
Jaú, jaú, na grandeza do
Brasil, tua pujança
E teu valor

Nasceu jaú...
Majestosa, altaneira
Pela força e valor
Do teu povo
Denodo e fibra guerreira

Herança do índio valente
Que um dia a batizou
Ao chamar de jaú,
O peixe bravio
Audacioso e esguio que com ele lutou.
Jaú... jaú...