Manoel Ribas - PR
Hinos

Nos rincões desta terra sonhada,
De verdes matas e água cristalina,
Surge o andante e logo faz morada,
Pelos vales na alta campina.
Onde o índio aguerrido lutou,
Com o bravo e herói sertanejo,
Que um pedaço de chão conquistou,
Realizando o seu grande desejo.

Manoel Ribas, Manoel Ribas,
Eis o nome que o povo escolheu,
E em nosso peito sempre estarás,
A estrela que orgulhosa nasceu,
No coração do Paraná.

Solo fértil de grande valor,
De imensos campos e belos quintais,
Onde baila alma do trabalhador,
Sobre as ondas dos floridos trigais,
E as riquezas que brotam do chão,
Tem as mãos e a bênção de Deus,
Que resultam em milhares de grãos
E alimentam os filhos teus.

Manoel Ribas, Manoel Ribas,
És o símbolo da nossa esperança
Depositada a luz deste altar
O amanhã de toda criança
Que virá sempre a te exaltar

O passado que ficou na história
Pro o índio e o branco contar
Vive hoje na paz e na glória
E todos juntos hão de saudar.
E tua gente em perfeita harmonia
Querem sempre te ver juvenil