Medianeira - PR
Hinos

Medianeira, fecunda gleba do oeste.
A generosidade de tuas florestas
Encantou o olhar sagaz
De teus muitos aventureiros
Que tua exuberante beleza
Tornaram-se livres prisioneiros

Estribilho
Pioneiros valorosos, imigrantes vindos do sul
Trilharam seguros trazendo em seus corações
Coragem, determinação e justiça.
Tomaram por seu lar a imensidão de teu céu azul

Pela trilha dos colonos
Os pais de teus filhos chegaram
Gente de honra e de fibra
Que ao desafio de te conquistar
Dedicaram a vida
Deitaram em teu colo fértil
As sementes esperançosas
Que germinaram brotando teus ideais

E, no vermelho de tuas terras.
Com fé, audácia, trabalho e nobreza.
Os teus sonhos tornaram-se reais

Medianeira, hoje os filhos dos teus filhos.
Te são gratos e leais

No respeito por tuas tradições
Realizam com orgulho verdadeiro
A herança visionária de teus ancestrais

Estribilho
Pioneiros valorosos, imigrantes vindos do sul
Trilharam seguros trazendo em seus corações
Coragem, determinação e justiça.