Oriximiná - PA
Hinos

O sol com seu grande fulgor,
Sobre esta terra paraense
Enche o peito de nobreza e valor
De cada oriximinaense

As matas, o céu azulino
Todo o passado traduz
Imitemos José Nicolino,
Uma epopéia de luz.

Liberdade! Liberdade!
Em dezembro surgiste pra nós
És uma luz de bondade
Um dos mais belos faróis.

Uruá-Tapera, teu nome primeiro
Veio outro pra ser verdadeiro
Hoje és o orgulho do Pará
Nossa dileta Oriximiná.

Trombetas com suavidade
Te banha com todo ardor
Suas águas com sua claridade
Refletem teu grande esplendor.

Tuas serras de um verde-montanha
Simbolizam as nossas riquezas
Juta, bauxita e castanha,
doadas pela natureza.

Tuas praias brancas ao luar
Há beleza em todas as zonas
És uma estrela a brilhar
Junto ao rio Amazonas.

Oriximiná, jardim da esperança
Onde tudo sorrir...
Berço de sonhos e de crenças
Quanta fé nos vem de ti.

Teu povo sempre viril
Por ti não mede labor
E te traz dentro do peito
Com pujança do amor.