Queluz - SP
Hinos

No azul da serra da mantiqueira
rebrilha ao sol com tanta luz,
sobre a cidade hospitaleira,
nobre e faceira,
linda queluz,
no campanário repica o sino
ao entardecer à média luz,
eu te revejo nesta saudade,
torrão da infância
minha queluz

Um pedacinho do céu,
é a cidade querida
onde deixei meu amor
saudades.....da minha vida (bis)

do paraíso ouço a canção,
que é sempre a mesma da mocidade.
por meu amor rogo à são joão.
padroeiro santo desta cidade.
o trem apita tão tristemente,
vai me levar longe daqui,
vem a saudade judiar da gente
queluz amada!
onde nasci.