Rio Grande da Serra - SP
Hinos

Salve, Salve, Rio Grande da Serra,
Berço eterno dos nossos ancestrais,
No Brasil um pedaço de terra,
Que a beleza do verde nos traz,
Onde a mata florida impera,
E a lembrança do musgo é fugaz.

Como é lindo seu céu estrelado,
Se a neblina não vem visitar,
Onde D. Pedro ficou acampado,
E com tua água sua sede saciar.

Verdes campos, pedreira, progresso,
O teu lema é lutar e vencer,
Da biquinha famosa o regresso,
Que saudade, quem pode esquecer.

Salve, Salve, Rio Grande da Serra,
Berço eterno dos nossos ancestrais,
No Brasil um pedaço de terra,
Que a beleza do verde nos traz,
Onde a mata florida impera,
E a lembrança do musgo é fugaz.

Desta água, grafite e o carvão,
Da madeira que deixaste cortar,
Foram feitos a cadeira e o caixão,
Para teus entes queridos descansar.

Foste um marco de luta e venceste,
De mãos dadas com teu semelhante.
Hoje és livre em indústria crescente,
Tua bandeira se ergue Tremulante.

Salve, Salve, Rio Grande da Serra,
Berço eterno dos nossos ancestrais,
No Brasil um pedaço de terra,
Que a beleza do verde nos traz,
Onde a mata florida impera,
E a lembrança do musgo é fugaz.