Rio Negrinho
Hinos

Sob a brisa suave da serra,
Entre campos de verde esplendor
Sob a luz que ilumina esta terra Este mundo encantado em flor.
Lindos campos de altivos pinheiros,
Quando o sol ornamenta o poente.
Este ar, este céu brasileiro,
Deus criou e nos deu de presente.

Salve, Salve, Rio Negrinho!
És um ninho de paz e amores.
Salve, Salve, Rio Negrinho!
Salve, Salve, cidade de flores.

Majestoso cepilho desliza,
Sobre o pinho criado por ti.
Da cerâmica a arte reprisa,
Rio Negrinho distante daqui.
Escolheste esta terra imponente,
Pioneiro valente e sagaz,
Já plantaste a fértil semente,
E colheste o fruto da paz.

Salve, Salve, Rio Negrinho!
És um ninho de paz e amores.
Salve, Salve, Rio Negrinho!
Salve, Salve, cidade de flores.