Mulher Sábia
Isabella Taviani

Pra reclamar ela bem sabe
Acusar, ela é bem sábia
Machucar, sabe também
Dignidade ela conhece
Crueldade ela se esquece

Nunca fez mal a ninguém
Todo o seu passo é sempre certo
Não desvia para o pecado
Ela é perfeita, é perfeita, meu bem
Não é capaz de covardia
Não inveja a alegria
Ela é perfeita
É perfeita que nem...
O padre "ciço", a santidade

Já errou mais que a donzela
Agora espera a historia que vem
Dessa mulher tão irritante
Que não erra e não perdoa
Com seu ego que não vale um vintém
Me diz agora como eu faço
Pra escapar da sua lábia, sua fábula de alice?

Nas maravilhas do reinado
Que ela espera todo mundo
Bajular a sua esquisitice
Saiba você que eu não nasci ontem
Nem sou mais a sua refém
Vem que eu não vou te esperar na chegada

Siga pra próxima
A próxima esquina
A próxima cilada
Se reconhece seus defeitos
Soltem fogos, é difícil
E eu vou mais além

Se piorar, melhora um pouco
Leva fé, só se for louco
Espere o troco antes do amém
Meu deus eu vou furar contigo
Não me espere para o jantar
Com licença eu vou à luta!

Já derreti as alianças
Joguei fora as lembranças
Dessa louca, essa "santa"
Saiba você que eu não nasci ontem
Nem sou mais a sua refém
Vem que eu não vou te esperar na chegada

Siga pra próxima
A próxima esquina
A próxima cilada
Ela é do bem!
Ela é demais!

O supra-sumo, ela te satisfaz!
Hey!
Ela é poderosa!
É sempre dez!
Ela se acha muito gostosa!
Hey!
"santinha" é