Casa Amarela
Jackson do Pandeiro

Naquele forró lá em casa amarela...
Ai, flores belas, se eu não sou ligeiro
Morria sem vela
Ai, flores belas, se eu não sou ligeiro
Morria sem vela

Eu gosto da farra, sou bom companheiro
Em qualquer terreiro, balanço o ganzá
Gosto de cantar em côco de roda
E até faço moda pra moça cantar...

(Coro) Chegou, chegou...
Salve o nosso cantador aiá
Chegou, chegou...
Salve o nosso cantador

Mais um desordeiro no morro doideiro
Com quato coiteiro, de faca e suvela
Quebrar a costela do sub-tenente
Hoje a moda minha gente
Não é mais aquela

(Coro) Não vou, não vou
Sambar em casa amarela aiá
Não vou, não vou
Sambar em casa amarela