Caso de Polícia
Jackson do Pandeiro

Quem te viu e quem te vê
Não te conhece mais
Nem parece aquela dona
De cinco anos atrás

Botou um pano legal
Castigou na pintura
E já tem bem malicia
Vou te contar
Estais um caso de polícia

Eu que te conhecia
Mais que a palma da minha mão
Se hoje não pono a luneta
Ficava por fora da situação
Bem que diz o ditado
Na terra da gente ninguém tem valor
Tu mudaste pasto, o capim é mais verde
Tudo melhorou