Ginga da Mulata
Jackson do Pandeiro

Bate, bate, bate, tamborim
Bate, bate, bate, sem parar
Bate, bate, bate, tamborim
Que a mulata entrou no samba
Com vontade de sambar

A ginga da mulata tem feitiçaria
Pra fazer o samba amanhecer o dia
Mulata ginga pra lá, mulata ginga pra cá
A sandália da mulata faz poeira levantar
Quando a nega entra no samba com vontade de sambar