Mulher Malvada
Jackson do Pandeiro

Já estou quase ficando de cuca lélé
De tanto passar raiva daquela mulher

Na minha casa eu tinha um canário
E tinha um papagaio sabido e bonito
Quando um cantava o outro falava
E a mulher também criava um tal de periquito
Um dia ela com raiva de mim
Vendeu meu passarinho de pena amarela
Vendeu meu papagaio que é bom falador
E lá em casa só ficou o periquito dela

Só ficou o periquito dela
Lá em casa só ficou o periquito dela