Nortista Quatrocentão
Jackson do Pandeiro

Pra São Paulo da Garoa
Eu vou falar um repente
O Que a memória fala
è o que o coração sente
Se eu fosse presidente
Eu daria uma coroa
Em nome de muita gente

Vai nesses versos São Paulo
Toda a minha gratidão
Gratidão de um nortista
Quq aqui ganhasse o pão
Vai nesses versos paulista
Um obrigado nortista
Um obrigado de irmão

É por isso que São Paulo
Se orgulha e com razão
Por que São Paulo de fato
Tem grande organização
É um nortista que fala
Que veio de pau-de-arara
Hoje é quatrocentão.