Retirante
Jackson do Pandeiro

Lá vai o retirante levando o boi e aflição
Lá vai o retirante deixando o seu sertão
Lá vai o retirante deixando o seu sertão

Acabou-se o que ele tinha
Vão atrás do que comer
Só nos olhos, a água vinha
Que é sinal do seu sofrer
Só nos olhos, a água vinha
Que é sinal do seu sofrer

Mesmo triste vao cantando
Em busca de um mundo incerto
De um a um forma-se um bando
Deixando o sertão deserto
De um a um forma-se um bando
Deixando o sertão deserto

A esperança de voltar
Ninguem sabe quando vem
Se chuver e o sertão florar
Voltão com os seus terem
Se chuver e o sertão florar
Voltão com os seus terem