Risca Ponto
Jackson do Pandeiro

Tem, tem, tem, tem
Tem, tem, tem, tem, tem, tem
Tem, tem

Pulando cruzado no meio do terreiro, chegou
Povo da Bahia, do culto e da lei de nagô

Um homem tem pranto
Que veio do lado de lá
Fumando e bebendo
E dizendo vamos saravá

Saravá ê
Saravá
Saravá ê
No conga