Amigo Ciúme
Jamelão

Quem nos vê brigar
Quase a nos matar
Há de pensar que esse louco
Não gosta de mim
Sempre que passeamos
Nunca regressamos
Sempre se dá uma briga
No início ou no fim

É que o ciúme
Nosso grande amigo
Ou está com ele
Ou está comigo
Eu já disse a ele
Só não vamos mais brigar
Quando o amigo ciúme
Nos abandonar