Tem Nada Não
Jammil e Uma Noites

Você usou e abusou do meu perdão
Fez tudo o que quis com o meu pobre coração
Caco de vidro jogado no chão
Carro de noite, sem farol na contramão

Agora você chora, pede pra eu não ir embora
Quem mandou não me ouvir com atenção
Eu tô falando, eu tô caindo fora
Agora, amor, sou eu quem já não quero nada não

Eu quero alguém pra tomar conta de mim
Que olhe nos meus olhos com sinceridade
Que me bote pra dormir
Que me queira tanto quanto eu te quis aqui

(Tem nada não)
Tem nada não
Não tem nada não
Eu é que não vou ficar na mão
Tem nada não
Não tem nada não
Eu é que não vou ficar na mão