Brinquedo
Kana do Brasil

Brinquedo
Kana - élio camalle - léo nogueira

De barco ou de valsa,
Com pés de alma descalça,
Eu perco o céu. o chão
Eu não conheço. o medo
Se mudou daqui
Só sei voar,
Evoluí
Não sou mais aquele lá

De vip ou de penetra,
De bico ou de letra
Com minhas asas de sabão,
Nas linhas da mão
Me equilibrar,
Sem proteção,
Sem patuá
Essa é minha profissão
Ser livre é voar
Sem saber

Meu brinquedo urgente
Vai, sem pilha, pelo ar
Sigo sempre em frente
Só sei ir, não sei voltar