A Colina do Amor
Léo Canhoto e Robertinho

Estou cansado de andar, procurando alguém, que queira ser meu bem
Andei pelo deserto ardente, mas infelizmente, não achei ninguém
Cruzei montanhas e cidades, planícies que não tem mais fim
Será que Deus não fez ninguém, que de certo pra mim

Um dia a minha estrela, irá brilhar, mostrando-me o estradão
Por onde seguirei sorrindo, encontrar o dona do meu coração
Tremendo beijarei seus lábios, os anjos cantarão um hino
Daí nossos dois corações terão um só destino

Em cima da colina verde, a nossa casinha eu vou construir
O triste canto da andorinha que voa sozinha, eu quero ouvir
Na encosta da grande montanha, pertinho de um regato em flor
Com ela vou viver feliz, na colina do amor