Brecada
Léo Canhoto e Robertinho

Falado:

- Você está louco moço, não viu o farol fechado.
- Seu guarda, deixe-me ir embora, estou correndo pra encontrar o meu benzinho, tenha dó, seu guarda.
- Está bem, por esta vez, pode ir, mas não faça mais isso.
- Obrigado, seu Guarda.

Cantado:

Se estou correndo pelas ruas feito louco
É por que sinto no meu peito grande dor
Já não suporto mais viver assim sozinho
Faz muito tempo que não vejo meu amor.
Saiam da frente não quero que me atrapalham
Deixe eu correr, deixa eu seguir o meu caminho
Nem que meu carro se arrebente pela estrada
Preciso chegar de pressa para ver o meu benzinho.

Quanta saudade estou sentindo nessa hora
Nem que eu me lasque vou correr pra chegar
Eu tenho medo que meu bem me esqueceu
E já tem um novo amor no meu lugar.

Falado:

- Que é isso moço, você de novo?
- Seu guarda, preciso ir na igreja eu tenho muita pressa. Minha namorada vai se casar com outro. Tenho que impedir este casamento. Tchaw seu guarda.

Cantado:

Eu vou correndo a cento e vinte pelas estrada
Com toda força que existe no motor
Eu tenho pressa quero chegar na igreja
Se não perco pra sempre o meu amor,
Quando vigário perguntar se é de seu gosto
Então eu entro e pego ela para mim
Carrego ela até a escada da igreja
Ponho ela no meu carro e saio fazendo assim: