Compreensão
Léo Canhoto e Robertinho

Já me contaram que você gosta de outro
Que está comigo porque tem pena de mim
As minhas lágrimas molharam o meu rosto
Porque jamais pensei que me fizesse assim

Somos casados mas ninguém vai obrigar
Viver comigo contra a sua vontade
Se for somente pra viver pensando em outro
Pode partir, eu lhe dou a liberdade

Porém no dia que você for desprezada
E receber também a mesma humilhação
Pode voltar que ainda estou a sua espera
Não tenha medo, lhe darei o meu perdão

Siga com Deus o seu caminho de aventura
E aqui sozinho por você vou esperar
Eu lhe confesso que no mundo não existe
Outra mulher para ocupar o seu lugar


Porém no dia que você for desprezada
E receber também a mesma humilhação
Pode voltar que ainda estou a sua espera
Não tenha medo, lhe darei o meu perdão

Siga com Deus o seu caminho de aventura
E aqui sozinho por você vou esperar
Eu lhe confesso que no mundo não existe
Outra mulher para ocupar o seu lugar