Meu Erro
Léo Canhoto e Robertinho

Diálogo:

- Papai por que, ta caindo lágrimas dos teus olhos?
- É por que caiu um cisco no olho do papai.
- Mentiroso. O senhor ta chorando por que a mamãe foi embora. Não é ?
- Não, não é isso não, filhinha.
- É sim, o senhor sempre brigava com ela e tocava ela de casa. Agora ela foi embora e o senhor ta aí chorando. Bem feito, nem te ligo.

Cantado:

O que vou fazer agora
Se ela mesmo foi embora o que eu irei fazer?
( - O Problema é seu)
Escute filha querida
É triste esta minha vida, é triste este meu sofrer.
( - Eu não tenho nada com isso)
É grande o meu sofrimento
Minha vida é um tormento, não posso viver assim
( - Papai não quero nem saber)
Eu preciso urgentemente
Que ela volte para sempre viver só para mim
( -Não Volta nada)

Se ela voltar um dia
Vai encher-me de alegria vou sair da solidão
( - Espere sentado que de pé o senhor cancã)
A vida será mais bela
Vivendo ao lado dela beijando as suas mãos.
(- Ih, corta essa papai)
Eu a amo loucamente
Não posso viver ausente dessa que é o meu amor
(- Uh, qual é sua papai)
Eu preciso encontrá-la
E de novo abraçá-la pra por fim na minha dor.
( - O senhor vai sofrer pra sempre)

É bem triste a minha vida
Longe da minha querida, longe da mulher que amo
( - Bem feito Pedro Bó)
Ela foi não sei pra onde
Por isso não me responde todas as vezes que chamo.
( - Xiiii, o papai ta com a vida mais enrolada que bom bril)

Diálogo:

- Bem feito quem é que mandou brigar com a mamãe. Agora ele fica falando que ta com os olhos cheio de cisco. Mais é, é lágrimas no duro. Bem feito. Agora ele tem que sofrer o que ele fez com a mamãe.