O Bom Filho
Léo Canhoto e Robertinho

Ao ver seu pai e sua mãe tristes calados
Um filho único lembrou-se que um dia
Viveu no ventre de sua mãe igual Jesus
Viveu no ventre de sua santa mãe Maria.
E foi pesando desse jeito que esse filho
Chamou seu pai, chamou também sua mãe querida
Olhou nos olhos dos velhinhos depois disse
Você pra mim são as riquezas desta vida.

Vocês lutaram com honra e dignidade
Foi do meu pai que eu herdei meu sobrenome
Foi trabalhando que você fizeram tudo
Para que um dia eu fosse um verdadeiro homem.
Eu me formei, aqui estou meus pais queridos
Para dizer de coração muito obrigado
Jamais na vida eu os abandonarei
Com meu diploma estarei ao vosso lado.

Me lembro ainda que vocês muito sofreram
Foi bem difícil, a barreira, o empecilho
Tiraram o pão da vossa boca muitas vezes
Para poderem dar estudo ao vosso filho.
Papai querido te agradeço imensamente
Por tudo aquilo que a mim você fez
Aqui esta um filho amigo em vossa frente
Em minhas veias corre o sangue de vocês.