O Índio Gosta
Léo Canhoto e Robertinho

Índio tranca a porta fica lá com a índia bela
Índio tira a roupa dela falando coisa de amor
Muito doidona índia tirou o meu roupa
Até ofereceu seu boca e seu corpo encantador
Índia falou esperei tanto este momento
Quero índio aqui dentro, dentro do meu coração
Seu movimento índio via no espelho
Enquanto seus lábios vermelhos índio morde com paixão

Paixão de índio misturado com violência
Mordida sem paciência quanto mais morde demais
Mim índio louco por mim ela índia louca
Boca na língua, língua na boca índio gosta muito demais

Índio gosta, hum, hum afim de morde coxa de mulher

Índia falou a mim quer beber muita cachaça
Índio até achou graça, índio compra um montão
Vai na cidade leva a índia de a cavalo
Bebe pinga cai no valo, mas não quebra o garrafão
Volta pra casa índio volta muito torto
Deita dorme que nem porco sonha, pula e cai no chão
No outro dia agarra a índia sem complexo
E começa fazer sexo é gostoso muito bom