O Motoqueiro
Léo Canhoto e Robertinho

Me contaram uma história muito triste
Que me deixou num tremendo desespero
Me disseram que a minha namorada
Estava saindo com um cara motoqueiro
No outro dia eu tentei falar com ela
Ela não quis, dizendo: "estou cansada"
Rapidamente pediu para eu sair
"Estou com sono, preciso muito dormir
Porque passei a noite inteira acordada"

Naquela tarde muito triste eu fiquei
Meu coração se tornou um sofredor
Passou a noite o meu telefone tocou
Para aumentar ainda mais a minha dor
Alguém me disse: "anote bem o endereço
Pra você ver a sua linda flor
Vá bem depressa para ver nesse instante
Sua queridinha ao lado de seu amante
Dando a ele seu carinho e seu amor"

Fui para ver se era mesmo verdade
Achei que era falsidade de alguém muito cruel
Me escondi igual bicho numa toca
Na garupa da motoca, ela saiu de um motel.
O motoqueiro ainda parou perto de mim
Meu amor falou-me assim: "Adeus pra sempre, bobinho
De hoje em diante não sou mais sua querida
Vou curtir a minha vida com o meu novo amorzinho"