O Trem Entrou
Léo Canhoto e Robertinho

A grande turma na barraca se abraçava
Se amansava e dançava trocando juras de amor
Eu e mais ela aproveitando o escurinho
Atrás da moita agarradinho molhadinhos de suor.
Mas de repente ela gritou o trem entrou
O bicho pegou, o trem entrou eu fiquei junto dela
Ergui sua roupa então eu vi uma formiguinha
Picando sua barriga muito louco eu matei ela.

O povo veio pra ver onde o trem entrou
Até o delegado chegou pra vê se o trem tinha entrado
Eu disse a ele aqui está a formiguinha
Que entrou em sua calcinha
Picou sua barriguinha, foi só isso seu delegado.

A rapaziada pra barraca foi voltando
As moças todas cantando o trem entrou, o trem entrou.
Puseram a culpa numa pobre formiguinha
Coitadinha, coitadinha nem sabe que o trem entrou.
Ela morreu, coitada da formiguinha
Perdeu a sua vidinha sem conhecer o amor;
Ela morreu esmagada inconsciente
Mas ela é inocente nem sabe que o trem entrou.