Põe Tudo
Léo Canhoto e Robertinho

Sempre fui um homem rico tenho grana de montão
As mulheres me adoram, me chamam de garanhão.
Cada dia uma mulher, mas eu não sinto cansaço,
Cada noite uma gata que suspira nos meus braços.
Gosto de uma menina que só pensa no meu cobre
Bonita igual a rosa, gente fina muito nobre
Confesso que essa gata é mesmo tudo pra mim
Quando beijo sua boca
Com sua vozinha rouca ela vai falando assim.

Põe tudo, meu bem põe tudo você é meu homem,
Põe tudo, meu bem põe tudo seu dinheiro no meu homem;
Põe tudo, meu bem põe tudo, põe tudo por favor
Põe tudo seu dinheiro no meu nome meu amor.

Uma noite peguei ela e saímos no escuro
Beijando e abraçando encostei ela num muro
A gatinha nesse instante suspirou e ficou roxa
Na hora que ela sentiu as minhas mãos nas suas coxas.
Me dizia soluçando de amor e de paixão
Eu sou tua inteirinha, é só teu meu coração
Confesso que essa gata é mesmo tudo pra mim
Quando beijo sua boca
Com sua vozinha rouca ela vai falando assim.